Ir para conteúdo


Foto

[Guilda] Hakuna Matata


  • Por favor, faça o login para responder
221 respostas neste tópico

#221 Champloo_uo

Champloo_uo

    Newbie

  • Membros
  • 58 posts
    • Tempo Online: 7d 22h 20m 46s
0
Neutro

Postado 19 September 2018 - 11:37 AM

Em algum lugar perto de Vesper.

Champloo cachimba em seu covil uma mistura de ervas, relembra os bons tempos de lutas quando Homem.

Hoje amaldiçoado, um Ser decaído, sem vida, um Vampiro já não demonstra sentimento e expressão, sua cara pálida, marcada por varias cicatrizes é serena. 

...

A primavera vem chegando ... e a tempos Champloo treina uma suposta aprendiz, muitos a chamam de zumbi, outros a vem como uma mulher sem alma e pensam que seu Mestre à apenas manipula como uma marionete. Seu nome, Lo Ruamma  veem se mostrando uma mulher forte com armas e habilidosa com magias, uma clássica guerreira de suporte aos fortes guerreiros de linha de frente com suas pesadas armaduras.

 

Lo Ruama
- Mestre acredito que já estou dominando todas essas magias desse livro que o senhor me passou, o que devo fazer agora!? 

 

Champloo
- Pegue esses pergaminhos e reescreva mais uma vez todas as magias que você aprendeu, acredito que agora você estará pronta para partir com nossa clã e poderá conhecer a famosa ilha da Hakuna Matata.

Porém antes de concluir e passar mais deveres, Champloo já não mais está ao lado de Lo, seu corpo sim, mas sua cabeça não!

Seu olhar a intriga, mesmo o conhecendo tão bem, desde que se lembra por criança, Lo Ruama nunca o viu assim!

- Mestre tudo bem com o senhor?

- Sim ... Devo me retirar, alguém que a muito tempo conheço está voltando! Se é a pessoal que espero já não sei, sua essência está diferente!

* Com agilidade Champloo se arma, pega sua malha de rosado, seu grande escudo e rapidamente prepara sua montaria, suas armas preferidas já estão guardadas, um grande machado e uma espada katana ao qual tem um grande apreço!

- Lo Ruama irei partir para a vila Hakuna, não sei quanto tempo demoro, cuide daqui como se sua vida dependesse disso e logo voltarei! Quem sabe você não conheça nossa grande líder!? Eponah!

* Champloo parte!

 

(alguns dias de cavalgada)

Ao chegar na vila, Champloo logo se apresa de ir ao famoso botequim de sua vila, ele sabe que seus amigos e companheiros de guilda são bohemios e que lá fazem seus planos de ação, provavelmente alguns estarão lá.

Ao se aproximar um pouco, observa e sente o cheiro de vários de seus amigos ali ...

* Observa uma mulher montada em um corcel mecânico que a muito tempo não o vê e imagina quem poderia dominar uma besta dessa!

Claro!!! Como fui tolo! Esses anos todos ao qual nem sei mais minha idade, como pude ser engano hahaha ... Pensa

Só pode ser nossa grande líder!!!

* Observa e se aproxima mais.

Ao chegar perto vê nosso general A Infeliz, alguns guerreiros novos, alguns antigos assim como o próprio champloo e relembra dos bravos que sucumbiram!

Sabe que essa energia boa só poderia ser trazida e relembrada por alguém de forte alma!

* O Corcel Mecânico empina e se mostra um grande cavalo, para e de cima dele, com maestria, pula uma mulher!

Champloo já não mais acredita que aquela que ele vê, é sim, sua líder! Ela se aproxima de seu general, lhe da um grande abraço! Olha para todos e grita!

Estamos prontos, está na hora de enfrentar esses novos seres que virão para afligir Sosária! "
 

[OFF]

Hahaha seja bem vinda denovo  :own: 

Assim aos perdidos que acham que a Hakuna parou, lhes digo que nunca! hahaha por enquanto  :dorgas: 

E outra nunca serão!!!

[OFF]



#222 Tenente

Tenente

    Newbie

  • Membros
  • 51 posts
    • Tempo Online: 3d 11h 10m 35s
0
Neutro
  • Sexo:Masculino

Postado 19 September 2018 - 19:53 PM

Não se sabe ao certo a origem da deslumbrante guerreira ‘’A Infeliz’’, muito menos se conhece o seu verdadeiro nome. Rumores e contos antigos dizem, que lhe foi atribuído tal nomenclatura, visto as fatalidades sofridas acerca da guerreira ainda quando criança, em uma dimensão oposta chamada M2A, há décadas. Outros dizem, que pelos poucos sorrisos, fora chamada assim.

 

Pouco se conhece sobre este ser, que era vista caminhando com o seu fiel Unicórnio pelo mundo atual de Sosaria, sempre fortemente protegida pelo seu indômito cão do inferno e sua ferina e enfurecida serpente, que seguem indiscutivelmente seu mestre, e garantem sua sobrevivência a qualquer custo. Os anciãos advindos de outra dimensão contam, que desde sua puerice, era possível notar o seu domínio e afeto pelos animais, obtendo um incrível respeito como líder, sendo sempre admirada pela a mais bela criatura do reino animal, até pelo pior e inescrupuloso dragão.

unknown.png

 

A erudição da cura e do domínio animal, dominadora do conhecimento da resistência e da magia, atreladas a habilidade de rastreadora, são as principais armas desta exímia guerreira, que busca vorazmente manter a ordem e a lei.

 

Ainda quando jovem, em outra dimensão, em sua caminhada pelos vales do mundo, na busca de abrigo e comida, encontrou em apuros, o seu fiel escudeiro, o então conhecido como o Grandioso Tenente Coronel, responsável pelo grande Exército Verde, que fora salvo por meio da coragem e determinação de sua pequena desconhecida A InfeliZ. Posteriormente, como devedor eterno de sua vida a pequena garota, o mesmo jurou acompanha-la pela eternidade, e iniciou o seu treinamento de guerra, mostrando a ela o conhecimento de todas as armas, táticas e estratégias de um inimaginável Exército!

 

Já em Sosária, em uma bela tarde na Cidade de Cove, uma guerreira conhecida como Cam, se encantou com A InfeliZ, e a convidou para conhecer a sua grande e avultada mestra: Epona!

Mais tarde, em seu deslumbroso castelo, a mestre Epona, com sua bela mesa farta de comida, e de suas bebidas majestosas, recebeu cordialmente, a dominadora dos animais. Um fato interessante observado pelos discípulos de Epona, foi a imediata cumplicidade entre ambas, o respeito, e o carinho findado na justa causa de controle contra o mal, que assombrava todo o mundo em tempos de guerra.

Com o passar do tempo, A InfeliZ seguiu, sem discutir, e sem desobedecer (como fora treinada pelo mestre dos exércitos) a líder da maior, melhor, mais temida e desenrolada guilda – Hakuna Matata. Junto com outros guerreiros, os verdadeiros, brutos e inteligentes, da HK, buscou por anos, abater o terror das profundezas que caia sobre tal dimensão. Muitos guerreiros morreram durante as batalhas, saudades do eterno Zé Barreiro (morto), em uma das mais difíceis guerras enfrentadas pelo grupo. Porém, muitos outros guerreiros como o Sir Dersaodonto, o venerável Champloo, o grande Jonn Doo, o exímio tank nº 1 Secada Zikamen, o desajustado Mamute comedor de hambúrguer e seu braço direito Guga, o coveiro Kraz, a alucinada Kimberly dedo amarelo, o insano 
Snake hevan's, a deslumbrante Liana, o sonolento Mamon, o finado Mith, dentre outros tantos, sempre estiveram ao seu lado.

 

Como uma característica marcante como líder em batalha, ganhou o seu respeito pelos guerreiros da guilda, sendo então, escolhida pela chefa como sua General, a maior patente obtida dentro da Hakuna, uma escolha que trouxe um grande peso: manter a vitória sempre!

 

Devido a necessidade casual do seu afastamento, ligado a busca do conhecimento advindo apenas do doutorado, a mestre Epona, passa a responsabilidade da manutenção de sua grande GS - Hakuna Matata, para a maior e mais conceituada General de seu grupo, que seguiu com seus guerreiros, dominando os monstros do infra mundo, e abatendo até os seres mais temidos do universo, como por exemplo, o famoso Tiu, vulgo Magistrado Lemond, até então, superado por pouquíssimos guerreiros.

 

Com o tempo, a Hakuna Matata, sempre forte, querida, respeitada e invejada, seguiu com sua líder ‘’A InfeliZ’’, que trouxe novos aprendizes, e realizou novas parcerias, com grandes guildas, com o intuito de caçar a discórdia do mundo de Sosária.

 

Em uma bela tarde da primavera, junto com seus guerreiros na ilha hakuna, sentados no Bar do Mu, arquitetando o plano para a caça do mais novo monstro, surge de forma deslumbrante, a querida mestre, agora doutora, montada em seu corcel mecânico indomável, a grande Epona!

 

No fundo, A infeliz ouve:

 

“Mas será possível?” – Esbraveja Mamute;

 

Então, observa o chegar da chefa, e ouve o seu discurso:

 

Sentiram saudades? Pelo jeito estava bom sem a minha presença” - Brinca Epona...

 

Logo, a resposta é certeira:

 

Mestre, tudo está a salvo, como prometido! Sua GS se mantém, e o poder, nunca foi maior! Exclama A Infeliz.

 

Epona radiante comenta:

 

Eu sabia que você seria a melhor General que eu pude ter... Obrigada Infeliz” - Se abraçam com grande força, e brindam a amizade e confiança que por vários anos permanecia.

 

Por fim, a Hakuna Matata segue, firme e forte, em busca de novos desafios, de preferência daqueles jamais superados pelos outros habitantes de Britannia!

Que venham os desafios!

 






2 usuário(s) está(ão) lendo este tópico

0 membro(s), 2 visitante(s) e 0 membros anônimo(s)